Podcast Último Segundo: Como a Amazônia passou a acelerar o aquecimento global?
Reprodução/Flickr
Podcast Último Segundo: Como a Amazônia passou a acelerar o aquecimento global?


Após sucessivas interferências negativas causadas pelo ser humano naquele que há décadas é chamado de "pulmão do mundo", a Amazônia passou a ter um papel diferente no aquecimento global: o de acelerá-lo . Desmatamentos, queimadas e desgastes ambientais retiraram da floresta a condição de resfriar a atmosfera. Para entender esse processo, é preciso compreender o que é a Amazônia - além da visão de um quilômetros e quilômetros de troncos, galhos e folhas.

O Portal iG convidou três especialistas para falar sobre o assunto: Luciana Gatti, coordenadora do Laboratório de Gases do Efeito Estufa do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE); Jean Ometto, membro do comite científico mundial Projeto Carbono Global; e Renato Ghisolfi, mestre em sensoriamento remoto pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul. A conversa completa está no podcast que publicamos neste domingo.

Destruição recorde

De acordo com dados do portal TerraBrasilis , do INPE, foram 20 mil e 200 quilômetros de áreas desmatadas nos dois últimos anos somados. Número  recorde  nos últimos 10 anos de monitoramento. E os desflorestamentos seguem: os focos ativos de incêndio cresceram vertiginosamente. De 2018 para 2020 , o número de pontos localizados com fogo aumentaram de 68 para 103 mil .

Você viu?

possivel afirmar que conseguimos reverter esse cenario? Eu diria que a gente não sabe. Talvez sim, mas é pra ontem ", diz Luciana Gatti.

Confira a conversa completa com os especialistas no  podcast :




    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários