Troca no comando da PF em SP é vista como pressão de Bolsonaro contra João Doria
Reprodução/Flickr
Troca no comando da PF em SP é vista como pressão de Bolsonaro contra João Doria

Rodrigo Bartolomei é o novo escolhido do Presidente da República,  Jair Bolsonaro (sem partido), para ser o novo chefe da Polícia Federal de São Paulo. A troca gerou desconfiança entre parlamentares da oposição, que viram o movimento como uma ' pressão ' sobre um de seus desafetos, o governador de São Paulo, João Doria (PSDB). As informações são da jornalista Camila Mattoso .

A substituição foi realizada no momento em que Bolsonaro realiza campanha para a investigação de governadores e prefeitos sobre suas ações durante a pandemia do novo coronavírus. Será a segunda troca na PF em São Paulo em menos de 30 dias.

A escolha de Rodrigo Bartolomei causou estranhamento na corporação, isso porque foi de encontro a tradição do órgão. O escolhido do presidente alcança agora um cargo de chefia sem nunca antes ter ocupado um cargo relevante na hierarquia da Polícia Federal.


Antes, Bartolomei se encontrava no Gabinete de Segurança Institucional ( GSI ), junto ao ministro Augusto Heleno . Rodrigo agora ocupa o comando da superintendência da PF em São Paulo, a maior do Brasil.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários