Presidente do Senado, Rodrigo Pacheco
Agência Brasil
Presidente do Senado, Rodrigo Pacheco

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), defendeu a realização de um pacto federal dos Três Poderes para o enfrentamento da Covid-19, que assola o Brasil. O foco do Congresso Nacional estaria voltado para a minimização dos impactos da pandemia nas próximas semanas. Para o parlamentar, a solução para a crise sanitária perpassa a união entre os atores e personagens políticos.

Nessa perspectiva, o presidente da República, Jair Bolsonaro, o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Luiz Fux, além de Pacheco, se reúnem na manhã desta quarta-feira no Palácio da Alvorada.

Você viu?

"(A expectativa é) dar conta desse desafio e dessa solução a partir de um pacto nacional que envolva um conceito muito importante que é o da união. Há dois caminhos que podemos perseguir no Brasil neste momento: o da união nacional e o do caos nacional e aí cabe a nós decidirmos", declarou.

No contexto pós-pandemia, Pacheco afirmou que os maiores desafios brasileiros serão relativos à economia. A desburocratização econômica, com simplificação tributária e de sistemas, a unificação de tributos e o combate à sonegação fiscal seincluem no planejamento.

"Retomar o crescimento econômico do Brasil e fazer um crescimento econômico que seja sustentável, em bases muito sólidas de responsabilidade fiscal, já permitido pela EC 109 promulgada pelo Congresso Nacional e que estabelece o protocolo fiscal para os momentos de crise.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários