Grupo estende faixa e é preso em Brasília
Reprodução/redes sociais
Grupo estende faixa e é preso em Brasília

Um grupo com quatro manifestantes foi preso na tarde desta quinta-feira (18) na Esplanada dos Ministérios, em Brasília, ao estender uma faixa com os seguintes dizeres: "Bolonaro Genocida ". Veja o vídeo:


A autuação foi realizada pela Polícia Federal com base na Lei de Segurança Nacional. Deputados do Partido dos Trabalhadores manifestaram apoio e se dirigiram a sede da Superintendência da PF para acompanhar o caso.


Esse é mais um episódio da série de investidas do governo Bolsonaro na repreensão de críticas feitas ao presidente.

Você viu?

O youtuber Felipe Neto recebeu, no início da semana, uma intimação com base na mesma lei - de Segurança Nacional - no início da semana .

André Mendonça, ministro da Justiça, exigiu no início de 2021 que a PF investigasse um sociólogo por expor numa placa de outdoor que Bolsonaro "não vale um pequi roído ".

Ricardo Noblat , da revista Veja ; Hélio Schwartsman , da Folha de S.Paulo ; e Renato Aroeira, chargista, também foram investigados pela Polícia Federal.


Dois professores federais foram alvos de um processo aberto pela Controladoria-Geral da União e pelo Ministério da Educação por tecerem críticas ao presidente em uma live numa rede social .

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários