Helenês Cândido
Reprodução
Helenês Cândido

O ex-governador de Goiás Helenês Cândido, de 86 anos, morreu por causa da  Covid-19, na noite desta quarta-feira (17), quando estava sendo transferido de ambulância para um leito de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) em Goiás. Segundo a família, ele aguardava pela vaga há três dias.

Ao G1, o advogado e amigo de Helenês, Murilo Falone, contou que o ex-governador testou positivo para a Covid-19 no início de março, junto com a esposa. Os dois foram internados em um hospital particular em Goiânia. Após uma semana, apresentaram melhora, receberam alta e voltaram para casa.

Na última sexta-feira (12), o ex-governador voltou a apresentar sintomas e precisou ser internado em um hospital da cidade. Por apresentar piora, no dia seguinte, foi entubado e transferido para uma semi-UTI no Hospital de Campanha em Santa Helena de Goiás.

Com a piora no quadro, ele entrou na fila para ir para um leito de UTI. A vaga só foi disponibilizada na tarde desta quarta-feira, a 265 km de distância de onde ele estava. Ele morreu durante a transferência.

Helenês Cândido foi prefeito de Morrinhos de 1973 a 1997, deputado estadual por três mandatos e governador de Goiás, de 1998 a 1999.

Você viu?

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários