Ministros acreditam que decisão será mantida se for votada no plenário; entenda
Reprodução
Ministros acreditam que decisão será mantida se for votada no plenário; entenda

Nesta segunda-feira (8), horas após a divulgação da decisão de anular os processos contra o ex-presidente Lula , o gabinete do ministro Edson Fachin confirmou que levará ao plenário do STF o recurso apresentando pela Procuradoria-Geral da República (PGR) contra a decisão. Entrentando, nos bastidores, a análise é de que decisão pró-Lula já tem maioria e será mantida.

Segundo informações do blog da jornalista Bela Megale, ao menos oito ministros já indicaram que votariam a favor da manutenção da decisão proferida por Fachin sobre o caso. Assim, caso o processo seja votado no plenário do Supremo, o resultado a favor de Lula deve se manter.

De acordo com o jornal Folha de S.Paulo, Fachin até tinha a opção de enviar o tema à Segunda Turma, mas avisou que pedirá para a discussão ocorrer entre todos os integrantes da Corte . Porém, isso só acontecerá após envio do recurso da PGR, que deve ser elaborado pela subprocuradora Lindora Araújo e encaminhado ao Supremo até o final desta semana.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários