Bloco clandestino de carnaval na baixada fluminense foi coibido pela Polícia Militar do RJ
Reprodução
Bloco clandestino de carnaval na baixada fluminense foi coibido pela Polícia Militar do RJ

A Polícia Militar do Rio de Janeiro dispersou um bloco clandestino de carnaval que acontia nesta sexta-feira (12) em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense (veja o vídeo abaixo ). Em Magé, outra festa foi interrompida pela polícia, mas sem incidentes—  aglomerações comemorativas de carnaval estão proibidas por conta da pandemia de Covid-19.

Na capital fluminense, passa a valer a partir da meia noite dessa sexta-feira a prisão de quem desfilar em blocos de carnaval, que estão proibidos. Quem for pego em aglomerações pode ser enquadrado no artigo 268 do Código Penal, que trata de infração à determinação do poder público "destinada a impedir introdução ou propagação de doença contagiosa".

A Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática (DRCI) tem monitorado redes sociais de organizadores de festas clandestinas para coibir eventuais eventos. As informações são repassadas para a Secretaria Municipal de Ordem Pública (SEOP) , que atua diretamente na fiscalização.

Segundo a DRCI, "vários eventos estão sendo monitorados e seus organizadores identificados".

A Polícia Militar informou, ainda, que fará bloqueios, ao longo da semana, em alguns dos principais acessos do Rio pra evitar que ônibus fretados com destino a festas possam acessar a cidade. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários