Deputado Douglas Garcia (PTB)
Divulgação
Deputado Douglas Garcia (PTB)

O deputado estadual Douglas Garcia (PTB) foi condenado a pagar mais uma indenização de R$ 20 mil por divulgar informações pessoais de um manifestante opositor ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

O parlamentar divulgou em suas redes sociais um dossiê com dados pessoais de manifestantes antibolsonaro que teriam participado de ato contra o fascismo na Avenida Paulista, em São Paulo, no ano passado.

O documento escrito pelo deputado bolsonarista atribuía aos protestantes a prátia de crimes como atos violentos e terrorismo.

Você viu?

Douglas Garcia já havia sido condenado a indenizar outras duas pessoas citadas no dossiê . Nessa última sentença, o juíz Gustavo Dall'Olio, da 8ª Vara Cível de São Bernardo do Campo, deu ganho de causa ao manifestante.

A decisão é de primeira instância e, portanto, o parlamentar ainda pode recorrer.

Procurado pelo jornal O Estado de S. Paulo, Douglas Garcia (PTB) afirmou não ter recebido intimação no processo, e disse que vai recorrer da decisão. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários