Doria criticou Bolsonaro em entrevista à CNN internacional
Reprodução: iG Minas Gerais
Doria criticou Bolsonaro em entrevista à CNN internacional

O governador do estado de São Paulo, João Doria (PSDB), disse nesta quinta-feira (28), em entrevista à CNN internacional , que o  Brasil luta contra dois vírus: o novo coonavírus e o "vírus Bolsonaro".

"Tenho que dizer, de novo, que estamos combatendo dois vírus no Brasil: o coronavírus e o vírus Bolsonaro. Temos o senso, aqui em São Paulo, o senso de urgência. E toda vida conta, nós não queremos gastar nem um dia sequer com processos burocráticos criados pelo governo federal ", afirmou.

"A situação em Manaus se tornou dramática. Isso aconteceu devido à ausência de ações do governo brasileiro para os cuidados de saúde da população local. A situação é dramática na região amazônica, especialmente em Manaus. É absurdo que as pessoas perdidas morrendo em suas casas. , na porta de hospitais, nas calçadas devido à falta de oxigênio", complementou.

Você viu?

Perguntado sobre a investigação aberta da Procuradoria-Geral da República (PGR) contra o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, e sobre a decisão do governo federal de não comprar a vacina da Pfizer, Doria respondeu que é "inacreditável".

"Nesse momento, nós precisamos de um ministro da Saúde trabalhando pela saúde, pelas pessoas, para proteger as pessoas, não contra as pessoas."


    Leia tudo sobre: impeachment

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários