Questionado sobre conteúdo da conversa com os chineses, Bolsonaro desconversou
Alan Santos/PR
Questionado sobre conteúdo da conversa com os chineses, Bolsonaro desconversou

Nesta sexta-feira (22), o  presidente Jair Bolsonaro falou com repórteres após participar de reunião com parlamentares em Brasília e revelou conversa com a China. Porém, fez mistério sobre o tema e disse que não pretende "tagarelar" com a impresa sobre seus encontros com outros líderes mundiais.

"As conversas que eu tenho, durante a semana sempre converso com autoridades, ficam reservadas. Não divulgo. Isso faz parte do respeito que eu tenho com eles, e eles têm respeito para comigo também. Eu não falo com chefe de Estado e vou tagarelar junto à imprensa. Isso não existe da minha parte", afirmou Bolsonaro, em fala transmitida pela CNN Brasil.

Na sequência, o presidente foi questionado sobre a situação da vinda de insumos para a produção da CoronaVac , vacinha da chinesa Sinovac em parceria com o Instituto Butantan, e se disse favorável ao uso do imunizante: "eu era contra antes de passar pela Anvisa ".

Você viu?

"Não posso obrigar ninguém a tomar vacina , tem que ser voluntária porque não tem nada comprovado. Peço às pessoas que leiam a bula antes de se vacinarem. Tudo o que vier a favor de atender a nossa população no tocante à vacinação, será feito", concluiu  Bolsonaro .

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários