Uma criança foi baleada no RJ durante confronto policial
Alexandre Cassiano/ Agência O Globo
Uma criança foi baleada no RJ durante confronto policial

Uma criança , ainda não identificada, deu entrada na manhã desta terça-feira (12), no Hospital Estadual Getúlio Vargas, na Penha, na Zona Norte do Rio de Janeiro . Ela foi baleada dentro de um veículo, onde estava em companhia do pai. E, segundo informações um suspeito foi morto, outro foi preso e uma arma foi apreendida.

Ainda de acordo com o G1, a Polícia Militar  declarou que o confronto teve seu início após um grupo atacar a tiros policiais do Batalhão de Rocha Miranda que reforçavam a segurança do local. Uma operação do 2° Comando de Policiamento de Área (CPA) acontecia no Morro da Serrinha, em Madureira, que fica logo atrás do  Morro do Juramento , e os PMs se posicionaram para evitar a fuga do grupo.

Imagens do Globocop mostraram um carro cheio de marcas de tiros e outro, com as portas abertas, onde estariam pessoas atingidas durante o confronto . Ainda de acordo com as informações divulgadas pela polícia, a criança baleada estaria dentro de um carro que foi sequestrado pelos bandidos.

A segurança do local foi reforçada e uma perícia deve ser feita para que alguns detalhes sejam entendidos pelos policiais. A Subsecretaria estadual de Vitimados está a frente do caso. A pedido dos pais da criança, uma assistente social se encontra no hospital.

Confira a nota divulgada pela polícia sobre o caso:

A Assessoria de Imprensa da Secretaria de Estado de Polícia Militar informa que, na manhã desta terça-feira (12/1), equipes do 2° Comando de Policiamento de Área (CPA) realizam uma ampla ação para reprimir o crime organizado na Comunidade da Serrinha, em Madureira.

A região passa por uma disputa entre quadrilhas de criminosos rivais desde a semana passada e a Polícia Militar atua para estabilizar o perímetro desde então.

Na face contrária ao maciço que abriga a Serrinha, está localizada a Comunidade do Juramento, em Vicente de Carvalho. Equipes do 9° BPM (Rocha Miranda) reforçavam o policiamento nesta região quando foram atacadas por disparos de arma de fogo realizados por criminosos de dentro de um carro. Houve confronto e um dos suspeitos foi atingido e não resistiu aos ferimentos. Um segundo homem foi preso e uma arma apreendida.

Uma criança, que estava no interior do veículo acompanhada de seu pai, foi atingida na perna e socorrida pelos policiais militares ao Hospital Estadual Getúlio Vargas, na Penha. Informações preliminares dão conta de que os criminosos sequestraram o automóvel para fugir da ação de cerco à comunidade.

O policiamento segue reforçado no local do incidente e a ocorrência em andamento".

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários