Izabele Santiago sofreu racismo de vizinha, que atirou cão sobre ela causando ferimentos
Reprodução
Izabele Santiago sofreu racismo de vizinha, que atirou cão sobre ela causando ferimentos

Uma professora denunciou uma vizinha do condomínio onde mora, no Recreio dos Bandeirante, Zona Oeste do Rio, por racismo e agressão física . Segundo Izabele Santiago , 36, a vizinha a chamou de "preta nojenta" e jogou o cachorro sobre ela, que sofreu ferimentos na perna.

Izabele usou as redes sociais para descrever o caso. Segundo a professora, ela estava esperando o elevador quando a vizinha saiu com um cachorro de porte médio, sem focinheira, que avançou sobre ela. Assustada, Izabele gritou e saltou para trás.

A vizinha, então, teria dito: "Se você falar mais alguma coisa, eu jogo ele [o cão] em cima de você, sua preta nojenta ."

Izabele sofreu ferimentos a perna direita após o ataque do cachorro e está sendo medicada. Ela diz que o caso foi formalizado no livro de ocorrências do condomínio e que a síndica lhe deu suporte.

Em nota, a Polícia Civi disse que "de acordo com a 42ª DP, do Recreio dos Bandeirantes, o fato foi registrado. Os policiais vão ouvir a vítima, o autor e testemunhas. Imagens de câmeras que possam comprovar a agressão foram coletadas e a investigação está em andamento". O caso foi registrado como injúria racial e lesão corporal.

Vítima deixou condomínio

Após a denúncia e a publicação em rede social, Izabele decidiu deixar o apartamento por medo de que algo aconteça a ela.

"Não tem como eu ficar aqui, não me sinto segura. Ninguém do condomínio estava falando sobre isso, mas agora estão todos comentando. A gente não sabe a maldade que está no coração da pessoa. A gente não está no coração do outro, os tempos são maus. Uma pessoa que te ataca dentro do elevador, com câmera, com tudo. Ela continua andando com o cachorro como se nada tivesse acontecido", desabafou.



    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários