bolsonaro
Marcos Corrêa/PR - 03.12.2020
Com mortes em alta, Bolsonaro diz que 'estamos vivendo um finalzinho de pandemia'

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) disse, nesta quinta-feira (10), durante evento no Rio Grande do Sul, que o Brasil está enfrentando o fim da pandemia de Covid-19, mesmo o número de mortes no país ainda aumentando diariamente.

"Me permite falar um pouco do governo, que ainda estamos vivendo o finalzinho de pandemia. O nosso governo, levando-se em conta outros países do mundo, foi aquele que melhor se saiu, ou um dos que melhores se saíram na pandemia", disse Bolsonaro durante discurso na inauguração do eixo principal da nova Ponte do Guaíba, em Porto Alegre.

Desde o início da pandemia no país, 179.032 pessoas morreram por conta da Covid-19 no Brasil. Nas últimas semanas, a média de mortes têm crescido e alguns estados da federação tem adotado medidas de restrição para conter uma nova onda.

O presidente também voltou a minimizar os efeitos que a pandemia pode causar na população. "Devemos levar tranquilidade à população e não o caos. O que aconteceu no início da pandemia não leva à nada. Lamentamos as mortes profundamente e assim sendo, vamos vencendo obstáculos".

O Brasil ainda não tem um plano detalhado de vacinação contra a doença. Na quarta-feira (9), o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, disse que a imunização pode começar ainda este mês se a Pfizer  tiver autorização emergencial da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Além disso, o tema é pauta polêmica com alguns governadores da federação, como é o caso do governo de São Paulo, de João Doria, que entrou em rota de colisão com o presidente.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários