Homem invade clínica de fisioterapia para atirar em ex-mulher e se mata depois
Pixabay/Creative Commons
Homem invade clínica de fisioterapia para atirar em ex-mulher e se mata depois

Um homem, de 28 anos, invadiu a clínica de fisioterapia onde a ex-companheira trabalha, em Belo Horizonte, em Minas Gerais, para matá-la. Ele atirou na cabeça da mulher e depois de cometer o crime se matou no local. A ação aconteceu na tarde desta quinta-feira (27). 

A mulher, que foi atingida na testa, foi levada às pressas para o hospital mais próximo e consegui sobreviver, porém está em estado de coma segundo informações. De acordo com as  investigações, todo crime foi planejado pelo homem.

"As testemunhas contaram que ele ligou antes para a clínica e a vítima atendeu. Ele sabendo que ela estava lá, foi até o local já armado. A mulher estava na recepção e foi atingida lá mesmo. Ele depois se matou", contou o tenente Bruno Costa, do 1º Batalhão da Polícia Militar. 

De acordo com a polícia, a mulher já tinha medida protetiva contra o homem. "O suspeito estava usando tornozeleira eletrônica e ela tinha um botão de pânico. Isso por que ele já tinha agredido ela outras vezes", contou o tenente.

O motivo do crime foi o homem não aceitar o fim do relacionamento com a mulher. Ele, inclusive, já havia a agredido uma vez, o que chegou a gerar um boletim de ocorrência e fez com que o suspeito chegasse a ser preso.

O corpo do homem foi levado ao Instituto Médico Legal da cidade e a polícia vai continuar apurando as circunstâncias do crime. A clínica onde a mulher trabalhava havia cerca de um ano decretou luto e não vai abrir nesta sexta-feira (27).

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários