modelo
Reprodução
Em junho de 2019, Eloisa Fontes já havia sido dada como desaparecida em Nova Iorque


A modelo Eloísa Fontes recebeu alta do hospital psiquiátrico  Instituto Municipal Phillipe Pinel, no Rio de Janeiro, na tarde da última quarta (28). Após 23 dias internada, desde que foi reencontrada desnorteada em uma favela do rio , a jovem embarcou com mãe para a sua cidade natal Piranhas, em Alagoas, onde deverá continuar o tratamento.


Os psicólogos e assistentes do programa Anjos da Paz, vinculado à Secretaria de Estado de Prevenção à Violência, vão auxiliar a família na orientação da dependente química. Um amigo da família disse que a modelo também deve ser tratada em um dos Centros de Atenção Psicossocial (CAPS) do estado. Os moradores de Piranhas se organizam para ajudar a família da modelo, com poucas condições financeiras.

Eloísa deixou o hospital psiquiátrico Pinel na Zona Sul do Rio de Janeiro por volta das 17h desta quarta.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários