TV Box
Divulgação
Operação foi realizada nesta sexta-feira (9).

A Polícia Civil e a Receita Federal apreenderam mais de 60 mil aparelhos de "TV Box" — que são usados para transmitir sinais piratas de canais de televisão — numa operação, realizada nesta sexta-feira, no Porto de Itaguaí e nos Portos Secos de Nova Iguaçu e Resende. A ação se baseou em informações colhidas pela Coordenadoria De Recursos Especiais da Polícia Civil (CORE), a Divisão de Repressão ao Contrabando e Descaminho da Receita Federal (Direp) e pela Polícia Federal. Os agentes acreditam que a apreensão já representa um prejuízo superior a R$ 50 milhões ao crime organizado, principalmente às milícias que têm explorado este serviço pirata, conhecido como a "Nova Gatonet".

De acordo com o delegado Fabrício Oliveira, titular da CORE, inúmeros contêineres anida estão sendo vistoriados. Os aparelhos recolhidos, ainda segundo a polícia, são usados para acessar canais de televisão, burlando os serviços oficiais dos produtores, em violação a direitos autorais, crime contra a propiedade imaterial e contrabando.

De acordo com a Receita Federal, esta é a maior apreensão já feita no país de aparelhos de TV Box, e a tendência é de que este número ainda aumente.

Segundo a Polícia Civil, após as apreensões e os procedimentos administrativos da Receita Federal, todas as informações serão direcionadas para que a Polícia Federal dê prosseguimento das investigações na apuração de crimes de competência da Justiça Federal.

    Veja Também

      Mostrar mais