moro
Agência Brasil
PF adia depoimento de Moro no inquérito dos atos antidemocráticos

A Polícia Federal (PF) adiou, nesta sexta-feira (2), o depoimento do ex-ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, no inquérito que apura a organização e o financiamento de manifestações antidemocráticas. Ele seria ouvido na tarde de hoje, em Curitiba.

De acordo com a defesa de Moro, a Polícia Federal alegou 'questões técnicas e logísticas' para desmarcar o depoimento e ainda não informou uma nova data para o depoimento.

O depoimento foi motivado em razão do ex-juiz da Lava Jato ter ocupado o cargo de ministro da Justiça e Segurança Pública na época dos fatos investigados.

O inquérito dos atos antidemocráticos tramita em sigilo no Supremo Tribunal Federal (STF). A investigação foi aberta em abril deste ano, depois de manifestações defendendo a volta da ditadura militar, intervenção das Forças Armadas e ataques à instituições democráticas.

    Veja Também

      Mostrar mais