damares
Júlio Nascimento/PR
Damares Alves demite esposa de blogueiro Oswaldo Eustáquio, investigado por ato antidemocrático

A ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos,  Damares Alves, decidiu exonerar a secretária de Políticas de Promoção da Igualdade Racial da pasta, Sandra Terena. Ela é mulher do blogueiro Oswaldo Eustáquio, que chegou a ser preso durante a investigação do STF sobre o financiamento de atos antidemocráticos.

Segundo a assessoria, a demissão de Sandra faz parte de uma "reestruturação de cargos no ministério". A exoneração deve ser oficializada no Diário Oficial da União nos próximos dias. A pasta não deu mais detalhes sobre o desligamento, nem se isso teve relação com as investigações contra o  blogueiro Oswaldo Eustáquio.

Segundo o jornal 'Estadão', a PF quer investigar as ligações entre o ministério comandado por Damares, Eustáquio e a extremista bolsonarista, Sara Giromini, conhecida como Sara Winter.

O objetivo é apurar se a contratação a mulher de Eustáquio e de Sara seria uma forma de "distribuir fundos" à suposta organização que instiga atos antidemocráticos.

A estratégia do governo em demitir a mulher do blogueiro tem como objetivo desvincular o Palácio do Planalto das polêmicas causadas pelo inquérito.

    Veja Também

      Mostrar mais