pm
Maira Coelho / O Dia
viatura da pm


Um motorista de van foi baleado após discutir com uma mulher Policial Militar , que era passageira da condução, na noite desta terça-feira, dia 8, próximo ao Complexo do Alemão, na Avenida Itaóca, em Bonsucesso, na Zona Norte do Rio. A agente, que estava a paisana, se encaminhava para a Coordenadoria de Polícia Pacificadora (CPP), em Bonsucesso, quando aconteceu um desentendimento entre eles no desembarque da PM.


Durante a briga verbal, a soldado Gabriela Dias da Cruz, lotada na UPP Fazendinha, atirou no motorista. Juadson Luz Almeida, de 32 anos, foi levado baleado ao Hospital Estadual Getúlio Vargas. O ativista Renê Silva, um dos líderes do portal " Voz das Comunidades ", postou vídeos em seu perfil no Twitter, entre eles uma gravação feita pela própria vítima ainda deitada no chão.

"Estou aqui baleado. Estou aqui baleado e essa mulher que me deu um tiro. Ela me deu um tiro a troco de nada . Eu sou trabalhador", diz Juadson durante os 12 segundos de vídeo.

Versão da policial

Segundo a PM, a policial militar informou que ocorreu um desentendimento entre ela e o motorista da van, e que ela realizou um disparo como forma de defesa. Conforme o relato da agente, ela havia tomado a condução para chegar à Coordenadoria de Polícia Pacificadora (CPP), em Bonsucesso, onde assumiria o serviço noturno. No desembarque, ocorreu um atrito verbal entre eles.

Ainda segundo a PM, após a saída da policial, o motorista desceu do veículo indo na direção dela. A agente fez um disparo defensivo, que veio a feri-lo.

Uma ocorrência foi registrada na 44ª DP ( Inhaúma), que ja investiga o caso. Em paralelo, a CPP ouviu a policial e instaurou um procedimento interno para averiguar o fato.



    Veja Também

      Mostrar mais