Estupro
FreePik
A criança foi vítima de prática do crime de estupro de vulnerável

Após toda a repercussão envolvendo a gravidez e posterior aborto autorizado pela Justiça de uma menina de dez anos , um novo caso de abuso sexual no estado do Espírito Santo veio à tona neste final de semana. Agora, uma menina de apenas 11 anos engravidou após um estupro. Os principais suspeitos são o padrasto e um ex-companheiro da avó.

Segundo informações do portal Uol, o padrasto chegou a ser preso na última quarta-feira (26), mas já foi solto. Já o outro suspeito, que teve um relacionamento com a avó da vítima do estupro , se apresentou em uma delegacia para prestar depoimento neste sábado (29).

Ainda de acordo com a publicação, a menina está com oito semanas de gravidez , que só foi descoberta após ela ser atendida em uma unidade de saúde do município. A investigação do caso, que corre sob sigilo, ainda está em aberto e, portanto, não há mandado de prisão contra nenhum dos suspeitos.

Sobre a gestação, a família informou por meio de nota que ainda não se decidiu sobre a realização do aborto , permitido em casos como este, e que a menina ainda não passou por atendimento com um ginecologista.

"Nesse momento difícil, a família pede respeito e compreensão de todos, pois o crime envolve uma criança . É um assunto que deve ser tratado em privacidade", finaliza a nota.

    Leia tudo sobre: Gravidez

    Veja Também

      Mostrar mais