mulher cantando em palco
Flordelis / Reprodução de vídeo do Facebook
Deputada cantou em culto realizado neste domingo (23)

"Vai passar. Ainda não chegou no seu limite, vai passar". Foi com essa canção que Flordelis dos Santos de Souza fez seu último culto um horas antes de a Polícia Civil concluir a investigação sobre a morte do pastor Anderson do Carmo e apontá-la como a mandante do assassinato . A deputada federal foi denunciada à Justiça por cinco crimes, mas não foi presa nesta segunda-feira (24) na Operação Lucas 12 porque tem foro privilegiado. No domingo, dia 23, por volta das 11h, ela subiu no palco do Ministério de Flordelis, localizado no bairro Galo Branco, em São Gonçalo, na Região Metropolitana do Rio, e cantou uma das suas músicas.

Há uma semana, Flordelis fez uma publicação sobre a morte do pastor Anderson, que completou um ano e dois meses no dia 17 de agosto. A deputada escolheu uma foto de uma viagem dos dois para Israel e afirmou que o marido "deixou um vazio enorme" e que "quase desistiu de tudo".

"Ainda estou desnorteada, um pedaço do meu mundo se foi para sempre e parte de mim morreu junto com você. A dor se mistura com a revolta, foi cruel demais o que fizeram com você e busco forças em Deus e nas lembranças para lutar. Sinto muito a sua falta, amo você e do meu coração você jamais sairá", escreveu em parte da postagem. Veja vídeo clicando aqui .

    Veja Também

      Mostrar mais