dois policiais em frente a viaturas
Guilherme Pinto/Agência O Globo
Os criminosos atiraram em direção aos policiais do 9° BPM (Rocha Miranda)


É muito grave o estado de saúde de Patrícia Castro da Silva, de 35 anos,  baleada no pescoço nesta sexta-feira (21), durante um assalto ao ônibus da linha 790 (Campo Grande x Cascadura) em Madureira, na Zona Norte.


A mulher foi levada para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Madureira e, segundo a Secretaria Municipal de Saúde, Patrícia está internada no Centro de Terapia Intensiva (CTI) do Hospital Municipal Albert Schweitzer, em Realengo, na Zona Oeste.

Patrícia estava entre os passageiros que foram roubados por três criminosos, que anunciaram o assalto quando o ônibus passava pela Rua Conselheiro Galvão.

De acordo com as informações da Polícia Militar, equipes do 9° BPM (Rocha Miranda) observaram os três homens em atitude suspeita descendo do ônibus e, durante a aproximação dos policiais, os criminosos atiraram e fugiram em direção à Comunidade do Cajueiro. Não houve revide por parte da equipe policial.

O assalto foi registrado na 29ª DP (Madureira). A Polícia Civil instaurou inquérito para apurar as circunstâncias do fato. “Os agentes realizam diligências para identificar os autores”, informou por meio de nota.

    Veja Também

      Mostrar mais