filha de poderoso
reprodução / Twitter
Sem máscara durante pandemia, mulher xinga com palavrões homens que estão atrás de balcão

Um vídeo que está circulando na internet mostra mais um episódio das famosas "carteiradas", no Rio de Janeiro. Dessa vez, uma mulher loira, branca e sem máscara, aparentemente embriagada, diz ser " filha de poderoso " e xinga com palavrão os homens que estão por trás de um balcão em um ponto comercial no Leblon.

"Vocês vão se f... Vocês mexeram com a mulher errada. Eu sou filha de homem poderoso. Eu to falando com você do telefone", diz ela em tom agressivo..

"E o seu iPhone rachado?", questiona um dos homens por trás do balcão, como se o fato provasse o contrário do poder aquisitivo que ela alega ter.

"Vocês vão estão muito f...", diz ela. "Queria, meu amor. Em um sabadão desses, queria estar muito f...", diz em tom de deboche um dos homens atrás do balcão .

E ela devolve: "Você é um m... Você não é nada perto de mim".

Um homem negro, que está fora do balcão observando a sequência de xingamentos, diz para ela, em resposta ao que ela diz sobre ser superior: "Você é uma privilegiada branca". 

E ela diz: "Eu sou mesmo, e daí?"

Na tentativa de interromper a discussão, um outro homem que parece ser acompanhante da ofensora tenta tirá-la do local. Os atendentes veem a cena e dizem em tom provocatvo: "Deixa ela falar", e seguem registrando em vídeo a confusão.

A mulher continua com a série de ofensas, dessa vez, direcionadas ao um homem negro que a chamou de "branca privilegiada". Ela volta a repetir para o balcão: "Vocês não são nada perto e mim".

Nesse momento, o rapaz que parece conhecê-la tenta uma manobra mais incisiva para tirá-la de cena e a pega pelos pulsos. Ela se solta e começa a gritar em um tom ainda mais alto, indo para cima do homem negro que a chamou de privilegiada. Ele pede para que ela se afaste.

Pessoas que filmam a cena dizem para que o homem que é alvo das ofensas não faça nada por ela se tratar "de uma mulher branca".

Outro homem, que está dentro do balcão, diz: "Julio, deixa ela". Ela é retirada a força do local e continua gritando: "Eu sou filha de gente poderosa. Vocês são uns merdas". Ela é colocada dentro do carro e segue viagem junto com o homem que aparece desde o começo das imagens tentando afastá-la da briga.

Até o momento, nenhuma das pessoas que aparece no vídeo foi identificada.

Assista:



    Veja Também

      Mostrar mais