Garcia
Divulgação
Garcia foi condenado na última semana a indenizar uma mulher que teve seu nome e dados pessoais colocados na lista

O deputado estadual Douglas Garcia (PTB), amigo próximo da família Bolsonaro, afirmou à justiça que o filho do presidente, Eduardo Bolsonaro, entregou uma cópia do dossiê com militantes antifascistas para a Embaixada dos Estados Unidos.

Segundo as investigações, Garcia reunia as denúncias que recebia em suas redes sociais e ia complementando o documento, que contava com cerca de mil fotos de pessoas avaliadas e outros dados sigilosos.

O documento tem 56 páginas e conta com diversos dados pessoais. O deputado negou à Justiça que tivesse participado da elaboração e da divulgação do dossiê, mas admitiu que o encaminhou para autoridades.

"Os grupos subversivos e violentos 'antifas' atuam em diversos países e, em todos eles, seguem o mesmo modus operandi, que consiste no uso de violência e outros crimes para intimidar, calar e eliminar fisicamente grupos ou indivíduos não alinhados à sua visão política", disse o deputado em depoimento à Justiça.

Garcia foi condenado na última semana a indenizar uma mulher que teve seu nome e dados pessoais colocados na lista de pessoas que, de acordo com postagens feitas pelo próprio parlamentar, seriam "terroristas".

    Veja Também

      Mostrar mais