baldy
Reprodução/Facebook
Alexandre Baldy vai se afastar da prefeitura de São Paulo

O Secretário dos Transportes Metropolitanos de São Paulo, Alexandre Baldy, pediu afastamento de 30 dias do governo de São Paulo para se concentrar em sua defesa, após ser preso nesta quinta-feira (6) por desdobramentos da Lava Jato do Rio de Janeiro, que investiga irregularidades na área da saúde, mas que não tem ligação com o governo paulista. 

Por meio de nota, o governo estadual informou que o Secretário Executivo, Paulo Galli, vai assumir as funções de Baldy durante o período. 

Confira a nota na íntegra: 

Alexandre Baldy pediu licença do cargo de Secretário dos Transportes Metropolitanos do Estado de São Paulo pelo período de 30 dias, a partir de amanhã, dia 7, para se concentrar exclusivamente na sua defesa.

À frente da Secretaria dos Transportes Metropolitanos, Baldy retomou obras de mobilidade, garantiu a renovação da frota de ônibus intermunicipais e acelerou a construção de cinco novas estações do Metrô.

Alexandre Baldy tem demonstrado competência, dedicação e postura idônea no exercício da sua função no Governo de São Paulo. A Secretaria dos Transportes Metropolitanos passa a ser comandada temporariamente pelo seu Secretário Executivo, Paulo Galli.

Entenda

A Polícia Federal (PF) prendeu o Secretário de Transportes Metropolitanos de São Paulo,  Alexandre Baldy, na manhã desta quinta-feira (6), no bairro dos Jardins, zona nobre da capital paulista, em um desdobramento da operação Lava Jato voltada à área da Saúde.

A PF informou que a prisão dele faz parte de uma série de seis mandados de prisão da operação. Além de Baldy, outros investigados também foram presos hoje. Todos os mandados foram emitidos por corrupção, peculato, lavagem de dinheiro e organização criminosa.

"Foi desnecessário e exagerado determinar uma prisão por supostos fatos de 2013, ocorridos em Goiás, dos quais Alexandre sequer participou",  divulgou a assessoria de Baldy em uma nota.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários