Alexandre Baldy
Pei Fon/ Secom Maceió
Alexandre Baldy

A assessoria de imprensa de Alexandre Baldy, secretário de Transportes de São Paulo que foi preso na manhã desta quinta-feira (6), afirmou que "foi desnecessário" determinar a prisão dele. 

"Foi desnecessário e exagerado determinar uma prisão por supostos fatos de 2013, ocorridos em Goiás, dos quais Alexandre sequer participou", divulgou a assessoria de Baldy em uma nota. 

O secretário foi preso em um desdobramento da operação Lava Jato voltada à área da Saúde. "A medida é descabida e as providências para a sua revogação serão tomadas", alega a assessoria.

"Alexandre sempre esteve à disposição para esclarecer qualquer questão, jamais havendo sido questionado ou interrogado, com todos os seus bens declarados, inclusive os que são mencionados nesta situação", afirma.

Alexandre Baldy , que já foi ministro e deputado federal pelo estado de Goiás, foi preso temporariamente nesta quinta por pedido expedido pela 7ª Vara Federal do Rio de Janeiro, após investigações no estado fluminense.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários