Mulher em cárcere
Reprodução
Mulheres eram forçadas a fazerem tarefas domésticas e eram abusadas.

A Polícia Civil do Paraná (PCPR) prendeu um pai de santo e sua esposa em Curitiba nesta segunda-feira (20). Eles estão sendo acusados de estupro e cárcere privado.

De acordo com o delegado responsável pelo caso, as vítimas iam até o pai de santo para realizar trabalhos contra a depressão e que envolviam questões financeiras. Entretanto, elas eram mantidas cativas dentro de um terreiro. Lá, elas faziam serviços domésticos e eram abusadas.

Segundo a investigação, os crimes estariam acontecendo a ao menos sete meses. Oito mulheres procuraram a Polícia Civil para denunciar o caso, sendo que duas delas o fizeram depois da prisão. Uma jovem de 14 anos está entre as vítimas.

O delegado disse que o pai de santo e sua esposa serão denunciados pelos crimes de estupro, estupro de vulnerável, cárcere privado e estelionato. Se condenados, podem pegar até 15 anos de prisão. Em depoimento, eles negaram as acusações.

    Veja Também

      Mostrar mais