médico
Pixabay/Creative Commons
Imagem ilustrativa

Um hospital particular de Brasília foi condenado a indenizar uma paciente em R$ 109 mil reais após um médico confundir os sintomas de um  Acidente Vascular Cerebral da jovem com embriaguez.

No caso, ocorrido em 2015, a garota estava na escola e começou a se sentir mal. Ela foi levada ao hospital e, de acordo com o médico, teria confirmado o consumo de bebida alcoólica. Segundo a paciente, ela foi atendida e rapidamente liberada pelo médico.

Mesmo liberada, a paciente continuou a se sentir mal e precisou voltar ao hospital no dia seguinte, quando o AVC foi comprovado por exames mais aprofundados. Com o erro médico e o atraso no atendimento, a jovem teve sequelas permanentes no braço e na perna.

O valor da indenização é dividido entre despesas que a família da garota teve com atendimento médico e os danos morais sofridos por ela. O hospital ainda pode entrar com recurso.

    Veja Também

      Mostrar mais