A região de Piracicaba avançou para a fase laranja na última sexta-feira
Divulgação/ Governo de São Pauo
A região de Piracicaba avançou para a fase laranja na última sexta-feira

Recém promovida à fase laranja do Plano São Paulo, a região de Piracicaba vem apresentando alta na ocupação de leitos de UTI e está sendo monitorada. Na coletiva de hoje realizada pela Secretaria da Saúde, foi atualizada a situação da região.

"Na região de Piracicaba, nos últimos dias, nós observamos um aumento de internações, especialmente em UTI, que nos preocupa, porque pode chegar a uma situação próxima de ocupação total nos próximos dias. Os indicadores também apontam um aumento do número de casos de uma semana para outra. Vamos monitorar essa situação da região com todo cuidado até o final da semana para então verificar se há uma melhora da condição epidemiológica e assistência dessa região", explicou o Coordenador do Centro de Contingência do Coronavírus, Paulo Menezes.

Com a preocupante ocupação das UTIs na região, a região será incluida como preferencial para o encaminhamento de pacientes ao hospital de campanha do Ibirapuera — assim como ocorre com a região de Campinas.

"De imediato para a região de Piracicaba, o governo adota duas medidas: incluímos Piracicaba como região preferencial para o encaminhamento de pacientes para o hospital de campanha de Ibirapuera. Campinas e Piracicaba são origens preferenciais de pacientes. Nós implementamos mais 12 leitos de UTI no Hospital Regios Zilda Arns de Piracicaba", disse Eduardo Ribeiro, secretário-executivo de Saúde.

Apesar do alerta, o secretário executivo João Gabbardo afirmou que "Não, há neste momento, recomendação de alteração de fase."



    Veja Também

      Mostrar mais