Santos Cruz
ERNESTO RODRIGUES/Istoé
Ex-ministro e general da reserva Santos Cruz


O ex-ministro da Secretaria de Governo da Presidência e general da reserva, Santos Cruz , processou o astrólogo e guru do governo Bolsonaro, Olavo de Carvalho , além de outros dois militantes bolsonaristas.


Os processos foram abertos no Tribunal de Justiça do Distrito Federal, Santos Cruz cobra indenizações que chagam a R$ 140 mil por agressões que sofreu nas redes sociais. 

Olavo de Carvalho chamou o general de bosta engomada", " bandidinho " e "gente sem caráter". "O Santos Cruz é a última esperança que os petistas têm de continuar mamando dinheiro do governo", escreveu no Twitter.

Os militantes bolsonaristas Maria Tereza Zappi e Manoel Magalhães dos Santo Gontijo também foram processados por compartilharem imagens editadas do general seminu e em posição sexual com George Soros. Os bolsonaristas também atacaram a família de Santos Cruz e insultaram o general a quem chamaram de "vagabundo", "figura grotesca do passado" e que "não consegue ser homem sem uma farda por trás lhe dirigindo".

O general pede que caso vença a ação o dinheiro seja destinado à Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais, de Brasília. Os envolvidos no processo ainda não se manifestaram. 

    Veja Também

      Mostrar mais