Ciclone
Pixabay
Ciclone atingirá o Rio Grande do Sul entre terça (30) e quarta (1).

Um ciclone extratropical intenso, que também é conhecido como “ciclone bomba”, deve atingir o  Rio Grande do Sul nesta terça-feira (30) e na quarta (1º), causando pancadas de chuva, ventos fortes e falta de luz em regiões do estado.

Segundo o boletim da Universidade Federal de Pelotas (UFPel), o ciclone está sobre a costa da Região Sul e pode provocar rajadas de ventos com velocidade próxima dos 100 km/h entre a madrugada e a manhã de quarta-feira em algumas áreas do estado.

Em outras regiões, onde o ciclone não chegará com força total, a previsão é de que as rajadas de ventos variem entre 60 km/h e 90 km/h.  O instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) alertou sobre a tempestade dizendo que podem haver falta de energia, danos à plantações, quedas de árvore e diversos alagamentos.

Primeiros efeitos

A capital do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, registrou alagamentos e pontos em que houve queda de energia na manhã desta terça. Equipes da Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) estão trabalhando nas áreas críticas para amenizar os estragos causados.

    Veja Também

      Mostrar mais