fachada de prédio com colunas
Divulgação/Alerj
Fachada da sede da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj)

A Assembleia Legislativa do Rio publicou no diário oficial desta terça-feira (23) a exoneração do advogado Luis Gustavo Botto Maia. Na segunda-feira saiu a demissão de Matheus Coutinho. Botto Maia constava como assessor do deputado Renato Zaca (sem partido -RJ)

Segundo o MP, que investigou os assessores por meio da Operação Anjo , eles atuaram para adulterar a folha de ponto de Luiza Souza Paes, classificada como “assessora fantasma” pelos investigadores. Botto convenceu Luiza e seu pai, o policial Fausto Antunes Paes, amigo de Queiroz, de que não havia problema em ir à Alerj, no início de 2019, para assinar retroativamente o ponto de 2017.

Leia também

Antes, Fausto compartilhou com Luiza, em mensagem obtida pelo MP, uma opinião pouco lisonjeira sobre o advogado: “Isso deve ter sido orientação daquele maluco lá, né? Que nós encontramos com ele lá. Porque aquilo é louco de pedra”.

    Veja Também

      Mostrar mais