Operação
Reprodução/TV Globo
Alvo da operação, casa pertencia a madrinha do ex-assessor de Flávio Bolsonaro

Policiais militares e procuradores do Ministério Público de Minas Gerais e do Rio de Janeiro fazem uma ação nesta manhã de terça-feira (23) na casa de parentes de Fabrício Queiroz, ex-assessor de Flávio Bolsonaro , em busca da mulher dele, Márcia Oliveira Aguiar, que está foragida .

Policiais do Batalhão de Choque da PM estão no bairro São Bernardo, Zona Norte de Belo Horizonte, e, segundo informações do portal G1, o alvo seria a casa da madrinha de Queiroz, dona Penha, que morreu neste mês. Atualmente, o local é ocupado por primas e uma sobrinha do ex-assessor de Flávio Bolsonaro, que foi preso no último dia 18 de junho em uma casa na cidade de Atibaia, interior de São Paulo.

Apesar de não ter sido expedido um novo pedido de prisão contra Márcia, e os mandados desta terça serem apenas de busca e apreensão, ela pode ser presa caso seja encontrada no local pelo fato de já ter uma ordem de prisão em seu nome e estar foragida .

A operação ocorre porque existe a suspeita de que o local tenha sido o esconderijo utilizado por Márcia após a expedição do pedido de prisão contra ela. Pesa a favor desta análise o fato de que uma das atuais moradoras é bastante próxima do casal.

    Veja Também

      Mostrar mais