Rede particular apresenta 80% das UTIs ocupadas; já a pública, 90%
governo de São Paulo/reprodução
Rede particular apresenta 80% das UTIs ocupadas; já a pública, 90%

A rede particular de saúde de São Paulo tem registrado alta no número de internações, após certa estabilidade observada no mês de abril. Com o aumento no número de pessoas infectadas nos últimos 15 dias, os leitos de UTIs (Unidades de Terapia Intensiva) da capital paulista já apresentam 80% de lotação.

O aumento na lotação dos hospitais, tanto públicos quanto particulares, acontece ao mesmo tempo em que tem sido observado baixa no índice de isolamento . De acordo com o comitê de contingencia da Covid-19 em São Paulo, o índice ideal de isolamento é de 70% e o mínimo aceitável de 60%.

Leia também:"Estamos perdendo a batalha contra o vírus", diz Dimas Covas

No entanto, as taxas, em dias úteis, oscilam entre  47% a 48%, e aumentam nos finais de semana e feriado, raramente ultrapassando 55%, como aconteceu no último domingo (17), quando a capital registrou 56% de isolamento social.

Você viu?

Outro fator que contribuiu com o aumento da ocupação é a vinda de pacientes de fora da cidade em busca de vagas de UTI e a contratação de leitos pela prefeitura em alguns hospitais.

Veja também: Pazuello nomeia nove militares para o Ministério da Saúde

Já na rede pública, a situação é mais preocupante: a ocupação das instalações chega a 90% . Pensando em elevar o índice de isolamento social, a capital paulista antecipou feriados municipais e terá um recesso de seis dias, começando nesta quarta-feira (20).



    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários