Mantendo aumento de casos, Brasil deve ultrapassar três países ainda neste mês
Edilson Dantas / Agência O Globo
Mantendo aumento de casos, Brasil deve ultrapassar três países ainda neste mês

O último balanço divulgado pelo Ministério da Saúde mostra que o Brasil ultrapassou a marca de 202 mil casos confirmados do Covid-19, além de somar quase 14 mil mortes. Com isso, o país ocupa a sexta posição no ranking dos mais atingidos pela doença, após superar os totais de Alemanha e França, atrás apenas de EUA, Rússia, Reino Unido, Espanha e Itália.

Leia também: Teich deixa ministério da saúde menos de um mês após assumir o cargo

Entretanto, tal posição está bem próxima de ser modificada. Com italianos e espanhóis já acompanhando uma tendência de queda nos números de novos casos do novo coronavírus (Sars-Cov-2), enquanto os dados locais seguem posição oposta, o Brasil pode atingir o patamar de terceiro mais atingido pela doença antes do fim do mês de maio.

Uma projeção feita pelo iG Último Segundo com os dados divulgados até esta sexta-feira (15) pela Universidade Johns Hopkins , que agrupa informações sobre o vírus em todos os países, mostram que, caso as atuais médias de crescimento se mantenham, o Brasil ultrapassará os valores de Itália e Espanha no dia 18 e alcançará o posto de terceiro lugar, superando o Reino Unido , por volta do dia 24.

Você viu?

Subnotificação atrapalha

A maioria dos especialistas e pesquisadores apontam que o Brasil é um dos países que mais sofrem com a baixa realização de testes do Covid-19 , o que gera uma subnotificação considerável no número de casos da doença.

Um estudo realizado no final do mês de abril pelo portal Covid-19 Brasil apontava que, naquele momento, o número total de contágios no país já poderia ter ultrapassado a marca de 1,2 milhão se os casos subnotificados fossem considerados. Já para a última quarta-feira (13), a análise de subnotificações alcançou a marca de 2,5 milhões.

Ou seja, caso os dados fossem ajustados para dados mais próximos da realidade da doença, o Brasil estaria atrás apenas dos EUA no número de casos confirmados, uma vez que os norte-americanos somam mais de 10 milhões de testes realizados na população, valor quase 4 milhões maior do que a Rússia , segundo país que mais testa no mundo.

Leia também: Após demissão de Nelson Teich, capitais registram panelaços contra Bolsonaro

Nesse quesito, o Brasil fica à frente apenas do Irã no ranking de maiores testadores do Top 10 de países mais atingidos pela doença. Segundo o site Worldometers, cerca de 735 mil brasileiros foram testados ante 643 iranianos. Todos os outros - EUA , Rússia , Reino Unido, Espanha, Itália, Alemanha, França e Turquia - já ultrapassaram a marca do milhão de testagens .

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários