Em coletiva nesta nesta terça-feira (13), Doria anunciou que o governo do estado viabilizará aporte financeiro para a construção de 350 leitos (50 de UTIs) na região da Baixada Santista , segunda região do estado mais afetada pela pandemia de Covid-19, atrás apenas da região metropolitana. 

Governador João Doria (PSDB)
Governo de São Paulo / Divulgação
Governador João Doria (PSDB)

"Os locais com necessidade de abertura de novos leitos foram mapeados pelos prefeitos, através de um estudo da agência metropolitana da baixada santista, com a participação de todos os prefeitos e secretários da saúde", disse. "É com entendimento e diálogo que nós podemos construir soluções para esta crise", completou o governador.

Segundo o secretário de desenvolvimento regional, Marco Vinholi, a região da baixada santista observou um crescimento de 68% no número de infectados nas últimas duas semanas. 

"Estamos melhorando a taxa de ocupação de leitos, mas a preocupação cresce e teremos um maio de crescimento agudo ainda na Baixada santista", alertou.

Até o boletim divulgado na terça-feira (13), a região registrava 191 óbitos, 2.777 casos confirmados e 80% dos leitos ocupados.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários