Zona leste é a região com mais casos de Covid-19 em Sp. Na zona sul, Capão redondo registrou alta de 113% em uma semana
Rovena Rosa/Agência Brasil
Zona leste é a região com mais casos de Covid-19 em Sp. Na zona sul, Capão redondo registrou alta de 113% em uma semana

O novo coronavírus (Sars-Cov-2) tem crescido substancialmente nos bairros periféricos de São Paulo. Com base no boletim epidemiológico semanal da Secretaria Municipal de Saúde, que registrou casos até o último dia 23, é possível notar uma escalada rápida da doença nos bairros mais carentes. No recorte por região, a zona leste lidera, com 3.137 casos, o que representa alta de 36% em uma semana.

Em seguida vem a zona sul da capital paulista, com 3.014 casos confirmados de Covid-19 e aumento de 32% no número de infectados em uma semana. O bairro que mais preocupa é o Capão Redondo ; neste, o número de infectados passou de 87 para 186 em apenas sete dias, o que demonstra alta de 113%. O líder em casos continua sendo Morumbi, bairro nobre da região, com 331 casos.

A Zona Norte passou de 1.104 pessoas confirmadas com a doença para 1.493, enquanto na Zona Oeste os números passaram de 1.414 para 1.735.

O Centro continua sendo como a região com menos casos computados, passando de 617 para 763 pessoas confirmadas com o novo vírus.

Veja também: Apoio ao isolamento social amplo no Brasil cai de 60% para 52%, revela Datafolha


Escalada do número de casos na periferia

  • Capão Redondo: de 87 para 186 casos - alta de 113%
  • Jardim Helena: de 38 para 71 - alta de 86%
  • Jd. Pedreira: de 43 para 74 casos - alta de 72%
  • Ermelino Matarazzo: de 31 para 52 casos - alta de 68%
  • Cambuci: de 34 para 57 casos - alta de 67%
  • Jaçanã: de 27 para 45 casos - alta de 66%
  • Pq. São Rafael: de 37 para 58 casos - alta de 57%
  • Grajaú: de 104 para 162 casos - alta de 56%
  • Itaim Paulista: de 104 para 160 casos - alta de 54%
  • Lajeado: de 67 para 102 casos - alta de 52%
  • Sapopemba: de 84 para 126 casos - alta de 50%


Leia mais: "E daí? Lamento. Quer que faça o quê?", diz Bolsonaro sobre mortes de Covid-19


Mortos por Covid-19 nas periferias


Quanto ao número de óbitos pelo vírus nas periferias, com base nos números registrados até 24 de abril, a Brasilândia , na Zona Norte de São Paulo, continua líder. O bairro passou de 54 para 81 mortes pelo novo coronavírus, entre confirmadas ou suspeitas, o que aponta para um crescimento de 39% em apenas sete dias.

  • Brasilândia (Zona Norte) - 81 mortes
  • Sapopemba (Zona Leste) - 77 mortes
  • São Mateus (Zona Leste) - 58 mortes
  • Cidade Tiradentes (Zona Leste) - 51 mortes
  • Vila Nova Cachoeirinha (Zona Norte) - 50 mortes
  • Sacomã (Zona Sul) - 50 mortes
  • Freguesia do Ó (Zona Norte) - 47 mortes
  • Capão Redondo (Zona Sul) - 46 mortes



    Veja Também

      Mostrar mais