caldeirão de feijoada
Pixabay/Creative Commons
Imagem ilustrativa

A diretoria e a presidência da Unidos do Porto da Pedra vão distribuir cerca de 100 quentinhas de feijoada, nesta quinta-feira (23), dia de São Jorge, diante da pandemia do novo coronavírus, para famílias mais necessitadas da comunidade próxima à escola e para moradores em situação de rua.

"As pessoas estão passando dificuldades em nosso município. Nesse momento de extrema dificuldade, percebemos que as pessoas nas ruas estão preocupadas em se alimentar. Por isso, tivemos a preocupacão, nesse momento, de doar as quentinhas", afirmou o presidente da Unidos do Porto da Pedra, Fábio Montibelo, por meio de um comunicado.

Leia também: Paulo Marinho anuncia nesta quarta-feira sua pré-candidatura à prefeitura do Rio

As quentinhas serão preparadas e arrumadas a partir das 10h, na quadra da agremiação (rua João Silva 84, Porto da Pedra). A partir do meio dia, componentes da harmonia do tigre saírão para a distribuição.

"No dia 23, dia de São Jorge, nós iremos servir a feijoada para os mais necessitados, que vivem nas ruas. Estamos desde o começo dessa quarentena formando uma corrente do bem. Pessoas da escola, nossos parentes, amigos, vizinhos, comerciantes estão nos ajudando com itens de alimentação e higiene para confeccionar as cestas básicas para a nossa comunidade, que é muito carente", disse Adiara Pereira, diretora do departamento feminino da Porto da Pedra.

Leia também: Uso de máscara passa a ser obrigatório no Rio e em Belo Horizonte

A agremiação informou que continua na campanha de arrecadação de alimentos e produtos de higiene pessoal e limpeza para a confecção de mais cestas básicas.

    Veja Também

      Mostrar mais