Cemitério
shutterstock
Brasil teve números piores do que a Itália

O Brasil teve mais mortes pelo novo coronavírus por dia do que a Itália — atualmente o país com mais vítimas fatais pela pandemia de coronavírus — desde que o primeiro óbito foi registrado, de acordo com um levantamento da BBC News Brasil a partir de dados da plataforma Worldometer.

Leia também: Força Nacional irá reforçar ações do Ministério da Saúde no combate à Covid-19

Desde a primeira morte confirmada no Brasil, no dia 17 de março, até o último dia 29, foram 136 óbitos no total. Na Itália, nesse mesmo período de 13 dias, a Itália contabilizou 107 mortes — de um total de mais de 11 mil até agora.

É importante destacar que a comparação de dados, embora traga alertas importantes, não é necessariamente indicativo de que o Brasil terá a mesma trajetória epidêmica que outros países. Isso porque diversas variáveis podem influenciar nessa trajetória, como estado de saúde dos doentes, tamanho da população idosa, resposta dos governos e capacidade do sistema de saúde em atender os pacientes, por exemplo.

Na mesma base de comparação, nessa contagem desde o registro do primeiro óbito, o Brasil teve o segundo maior número de mortos por dia, atrás apenas da Espanha. Lá, nos 13 dias seguintes à confirmação da primeira morte de um paciente por Covid-19, em 3 de março, a Espanha contabilizou 294 mortos.

A Itália ocupa a terceira posição nesse comparativo, com 107 mortos, seguida de Portugal (100 mortos), Bélgica (88 mortos) e Alemanha (84 mortos). Os Estados Unidos registraram 41 mortes nos 13 dias seguintes ao registro do primeiro óbito, em 29 de fevereiro.

Leia também: Covid-19: bebê e criança estão entre infectados pelo vírus em Minas Gerais

Já China, epicentro da pandemia, teve apenas 17 mortos nesse mesmo intervalo de tempo. A primeira morte no país foi registrada em 11 de janeiro. Em todo o mundo, o novo coronavírus já infectou mais de 800 mil pessoas  e deixou pelo menos 38,1 mil mortos.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários