Hospital Santa Maggiore
Divulgação
Hospital Santa Maggiore

A Prefeitura de São Paulo irá investigar a rede médica Prevent Senior devido a possíveis casos de coronavírus que foram omitidos. A informação foi divulgada nesta quarta-feira (18) pela coluna da Mônica Bergamo, da Folha de S. Paulo .

Leia também: Após primeira morte, Brasil contabiliza 351 casos confirmados de coronavírus

A Prevent Senior está sendo acusada de não ter informado à Prefeitura ou ao governo, como manda a lei, de que um dos seus pacientes teria sido diagnosticado com o novo coronavírus. A rede é responsável por planos de saúde voltados a idosos e também administra diversos hospitais e clínicas médicas no estado de São Paulo.

Nesta terça-feira (17), um homem de 62 anos com hipertensão e hiperplasia prostática, morreu em um dos hospitais da rede. Ele foi a primeira vítima fatal do coronavírus no Brasil. Contudo, a informação de que havia um caso da doença no hospital só teria sido passada ao governo de São Paulo após o óbito e não quando o diagnóstico foi confirmado.

"Nós vamos abrir uma investigação rígida", afirmou o secretário municipal de Saúde, Edson Aparecido, à Folha de S. Paulo . "Eles tinham obrigação, como todos os hospitais, de notificar toda e qualquer confirmação de casos de coronavírus . E só procuraram o governo de São Paulo depois da morte".

A Prevent Senior anunciou nesta quarta que irá isolar a unidade do bairro Paraíso do hospital Sancta Maggiore , que é da rede. A justificativa é que no local teriam oito casos confirmados de coronavírus e 202 suspeitos. O secretário afirma que a equipe da Prefeitura entrou no hospital na terça e não havia nenhum paciente na UTI.

Há também a suspeita de que quatro mortes que ocorreram no hospital Sancta Maggiore sejam casos de coronavírus . Edson Aparecido afirmou que isso também será investigado. O secretário municipal de Saúde afirma que há equipes da vigilância sanitária "fazendo levantamentos e exigindo todos os protocolos de internação".

Leia também: Bolsonaro chama pandemia de "histeria" e critica medidas de isolamento

Procurada pelo  iG , a assessoria de imprensa da Prevent Senior ainda não respondeu à reportagem.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários