Bruno Covas
Roberto Casimiro/Fotoarena/Agência O Globo
Bruno Covas

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), afirmou, nesta terça-feira (17) à rádio CBN , que a morte de um brasileiro por coronavírus “mostra a gravidade dessa pandemia, que não é uma marolinha como muitos querem fazer crer". 

Leia também: Bolsonaro chama pandemia de "histeria" e critica medidas de isolamento

A fala de Covas foi dada após ser confirmado nesta terça-feira (17) a primeira  vítima fatal de coronavírus no Brasil, um homem de 62 anos que morreu em um hospital da capital paulista.

Até a tarde desta terça-feira, foram registrados 162 casos de coronavírus no estado, segundo o coordenador do Centro de Contingência contra o coronavírus em São Paulo , David Uip. Desses, 154 apenas na região metropolitana de São Paulo. O Ministério da Saúde divulgou, também na tarde desta terça, que no Brasil há 291 casos confirmados .

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários