Rodrigo Garcia
Divulgação/Governo do Estado de São Paulo
Governador em exercício, Rodrigo Garcia (DEM) sobrevoou as áreas atingidas pelas chuvas na Grande São Paulo


O governador em exercício Rodrigo Garcia (DEM) utilizou um helicóptero para sobrevoar as principais áreas atingidas pelas fortes chuvas que caíram na Grande São Paulo durante esta segunda-feira (10). Ciente das principais ocorrências, Garcia disponibilizou uma equipe para auxiliar no atendimento às principais vítimas.

Leia também: Chuvas provocam caos em São Paulo e afetam mobilidade na capital

Rodrigo Garcia está no cargo de governador de São Paulo devido a uma viagem a negócios para o Estado de João Doria (PSDB) a Dubai. Doria, porém, utilizou seu perfil no Twitter para informar que acompanha as ocorrências, bem como as ações do governo.

Acompanhado do Chefe da Casa Militar e Coordenador da Defesa Civil Estadual, Coronel Walter Nyakas Júnior, e do Secretário de Infraestrutura e Meio Ambiente, Marcos Penido, Rodrigo Garcia aproveitou para conversar com o prefeito de Osasco e colocar as equipes do Estado à disposição do munícipio, que sofreu com as fortes chuvas desta madrugada.

Leia também: Chuva forte em SP deve continuar ao longo desta segunda-feira

Os prefeitos de Taboão da Serra, Fernando Fernandes Filho, e Carapicuíba, Marcos Neves, também foram contatados pela Defesa Civil, que ofereceu auxílio para as duas cidades, que foram atingidas por fortes chuvas desde a noite de domingo (9). As prefeituras aceitaram e estão definindo qual tipo de auxílio - como kits dormitório, higiene pessoal, limpeza e vestuário - e a quantidade que será necessária.

Em todo o Estado, já foram contabilizados 56 desabrigados e 190 desalojados. A Defesa Civil ainda aguarda informações do município de Osasco.

Leia também: Bombeiros registram recorde de chamadas e orientam paulistanos a ficarem em casa

De acordo com o CGE (Centro de Gerenciamento de Emergência) da Capital, até as 17h eram 79 pontos de alagamento em toda a região metropolitana, 56 intransitáveis e 23 transitáveis. Com maior intensidade nas zonas Oeste e Norte e nas marginais Tietê e Pinheiros. Equipes do Corpo de Bombeiros e Defesa Civil Municipal atuam nos locais afetados realizando apoio e vistorias técnicas.

    Veja Também

      Mostrar mais