Drogas
Divulgação
Policiais encontraram diversos produtos para a produção de drogas no local

A Polícia Civil de São Paulo realizou, na manhã desta quinta-feira (11), uma operação para desbaratar uma quadrilha que produzia drogas sintéticas no interior do estado e que terminou em um intenso tiroteio. O alvo era uma cobertura na cidade de Sorocaba, onde funcionava um laboratório para a produção das drogas.

Leia também: 68% das universidades federais têm notas máximas em índice de qualidade do MEC

Segundo informações da corporação, policiais do Grupo de Operação Especiais foram ao local para cumprir mandados de busca e apreensão. Duas pessoas estavam no apartamento: uma delas se entregou sem resistência, enquanto a segunda deu início ao tiroteio. 

Após cerca de 20 minutos de negociação e troca de tiros, o suspeito deu um tiro na própria cabeça. Encaminhado para um hospital da região, acabou não resistindo aos ferimentos.

Na cobertura, onde o grupo produzia LSD e ecstasy para ser comercializado em eventos na cidade, os policiais encontraram uma arma de uso restrito, material para a fabricação de mais drogas, além de prensas e balanças de precisão.

Leia também: Nomeação do presidente da Fundação Palmares é suspensa pelo governo

Ao todo, seis pessoas já foram presas e encaminhadas para o 3° DP da cidade. Agora, a polícia ainda procura um sétimo integrante, um colombiano que não está no Brasil, apontado como um dos responsáveis pela quadrilha.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários