Jovem foi alertado por namorada antes de morrer eletrocutado ao tentar arrumar ventilador
Arquivo pessoal
Jovem foi alertado por namorada antes de morrer eletrocutado ao tentar arrumar ventilador

Morto eletrocutado ao tentar arrumar o ventilador de sua casa com um alicate desprotegido, o jovem Matheus Ulisses de Andrade Rodrigues, 26 anos, foi alertado pela namorada, a professora Lediane Regina de Queiroz Gomes, sobre o risco de um choque ao mexer com o objeto sem o equipamento de proteção necessário. O caso aconteceu na última quarta-feira (30) na cidade de Iporanga, interior de São Paulo.

Leia também: Trens batem de frente em Salvador e deixam 47 feridos

De acordo com informações do site G1 , em conversa via aplicativo de mensagens a namorada de Matheus pediu que ele tomasse cuidado para que o eletrodoméstico não explodisse e também com um possível choque. O jovem , no entanto, a tranquilizou e escreveu: "Não tem perigo". Logo depois, ele não a respondeu mais.

A jovem, que estava na cidade de Cajati quando o incidente aconteceu, afirmou que estava prestes a voltar para Iporanga e que chegou a dizer isso nas mensagens. Matheus, porém, não correspondeu e momentos depois ela ficou sabendo do ocorrido.

"Ele era uma pessoa maravilhosa, era meigo, gostava de todo mundo. Estávamos juntos há oito anos e tínhamos planos de casar e morar juntos depois que ele se formasse no Instituto Federal, daqui há dois anos. Eu ainda choro muito", disse ao G1.

Leia também: Bruno Covas terá alta nos próximos dias, segundo boletim médico

De acordo com a Polícia Militar, o estudante foi morto em decorrência de um forte choque. Isso aconteceu porque ele tentou arrumar o ventilador com um alicate que estava sem a proteção de borracha. A PM informou ainda que a mãe do jovem foi quem viu primeiro que Matheus estava desacordado e chamou a emergência.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários