jovens
Arquivo pessoal
Jovem foi alertado por namorada antes de morrer eletrocutado ao tentar arrumar ventilador

Morto eletrocutado ao tentar arrumar o ventilador de sua casa com um alicate desprotegido, o jovem Matheus Ulisses de Andrade Rodrigues, 26 anos, foi alertado pela namorada, a professora Lediane Regina de Queiroz Gomes, sobre o risco de um choque ao mexer com o objeto sem o equipamento de proteção necessário. O caso aconteceu na última quarta-feira (30) na cidade de Iporanga, interior de São Paulo.

Leia também: Trens batem de frente em Salvador e deixam 47 feridos

De acordo com informações do site G1 , em conversa via aplicativo de mensagens a namorada de Matheus pediu que ele tomasse cuidado para que o eletrodoméstico não explodisse e também com um possível choque. O jovem , no entanto, a tranquilizou e escreveu: "Não tem perigo". Logo depois, ele não a respondeu mais.

A jovem, que estava na cidade de Cajati quando o incidente aconteceu, afirmou que estava prestes a voltar para Iporanga e que chegou a dizer isso nas mensagens. Matheus, porém, não correspondeu e momentos depois ela ficou sabendo do ocorrido.

"Ele era uma pessoa maravilhosa, era meigo, gostava de todo mundo. Estávamos juntos há oito anos e tínhamos planos de casar e morar juntos depois que ele se formasse no Instituto Federal, daqui há dois anos. Eu ainda choro muito", disse ao G1.

Leia também: Bruno Covas terá alta nos próximos dias, segundo boletim médico

De acordo com a Polícia Militar, o estudante foi morto em decorrência de um forte choque. Isso aconteceu porque ele tentou arrumar o ventilador com um alicate que estava sem a proteção de borracha. A PM informou ainda que a mãe do jovem foi quem viu primeiro que Matheus estava desacordado e chamou a emergência.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários