Em entrevista à TV Tribuna , a mãe de uma jovem de 14 anos, que foi dopada e estuprada por um casal em São Vicente, no litoral de São Paulo, rebateu sobre as declarações recentes da suspeita do crime Luciana Cristina de Jesus, de 35 anos. "A justiça do Brasil é falha. Se fosse em outros países teria até prisão perpétua. Como essa mulher está solta depois do que fez? Ela ainda está falando para as filhas dela que aconteceu porque a minha filha quis"

Leia também: Mãe, pai e tio de bebê são presos por suspeita de estupro e morte da menina

suspeito teve a prisão preventiva decretada e sua parceira foi liberada
Reprodução
suspeito teve a prisão preventiva decretada e sua parceira foi liberada

Segundo a Polícia Militar, a jovem é amiga das filhas de Luciana e dormiu na casa dela, na última terça-feira (24), após ter passado o dia estudando e brincando com as outras crianças.. Luciana e seu parceiro, Marcílio Maximino Pereira, de 34 anos, são suspeitos de terem combinado de dopar a adolescente, a estuprado e filmado o ato sexual.

Leia também: Preso por estupro deixa prisão em regime semiaberto e estupra menina de 15 anos

A mãe da vítima se vê revoltada, conforme contou em entrevista, pelo fato de Luciana não permanecer presa.  Em relato à polícia, a vítima contou que Luciana saiu para o supermercado e voltou com um refrigerante. Segundo a adolescente, ela lhe ofereceu a bebida e, depois de beber, percebeu que havia algo errado e começou a se sentir "grogue" e com as "pernas bambas", Depois, a menor ficou desacordada e foi estuprada por Marcílio. De acordo com a Polícia Militar , o casal assumiu o crime.

Leia também: Estupro, incesto ou morte: assaltante invade casa e dá 'opções' para vítima

"Ela está tentando inverter o jogo e fazer a cabeça das filhas dela, mas acompanhei no registro da ocorrência que a polícia encontrou conversas dos dois no WhatsApp combinando de dopar e estuprar minha filha. Ela teve coragem de pedir para minha filha dormir lá para ajudá-la a limpar a casa e fez isso", relata a mãe da jovem .

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários