Tamanho do texto

Menina denunciou crime ao ver palestra na escola, mas avó da criança disse que menina era “muito fogueteira” e vivia “se esfregando nele por dinheiro”

Sombra de criança e de adulto arrow-options
Elza Fiúza/ Agência Brasil
Caso foi denunciado após menina ver palestra na escola

A avó de uma menina de nove anos que denunciou o avô por estupro na cidade de Indiara, no interior de Goiás, ficou revoltada com a prisão do marido e enviou áudios para a mãe da vítima, nora dela, culpabilizando a criança pelo abuso.

Leia também: Avó é presa acusada de dar pauladas em neto que saiu de casa sem avisar

Nas mensagens, a avó da menina diz que já tinha ouvido relatos de que a criança ficava “em riba” dele e pedia dinheiro. A mulher também taxou a menina como “muito fogueteira”. "Mulher que pede dinheiro para homem está querendo é outras coisas”, disse a avó. 

Leia também: Médico é preso por suspeita de estuprar paciente durante exame proctológico 

A menina denunciou o crime ainda no mês de agosto após ver uma palestra na escola sobre a importância de se denunciar casos de abuso sexual. Na ocasião, ela contou aos pais que era estuprada pelo avô há cerca de um ano. 

O idoso foi enviado ao Presídio de Indiara. A avó da menina será investigada por suspeita de conluiar com o crime.