Tamanho do texto

Paciente de 24 anos disse que médico de 54 anos apalpou órgãos genitais dele durante uma consulta em hospital da cidade de Belo Horizonte

Pessoa de jaleco e luvas arrow-options
Free Stock Photo / Reprodução
Médico afirmou que todos os procedimentos realizados por ele estavam dentro do padrão

Um médico de 54 anos foi preso por suspeita de estuprar um paciente de 24 em um hospital de Belo Horizonte. Segundo a polícia, o jovem chegou ao local para passar por um exame na próstata, mas foi apalpado nos órgãos genitais pelo profissional.

O paciente, que já estava constrangido por ter que ficar na posição "de quatro", e não de bruços, discutiu com o médico após ser apalpado e deixou o escritório, prestando queixa à polícia em seguida. 

Leia também:"Sobrevivi", diz jovem gay espancado e estuprado após Parada Gay em Goiás

O médico foi preso exclusivamente com base no depoimento do rapaz, disse que o apalpou e confirmou que o instruiu a ficar naquela posição, mas garantiu que tudo fazia parte do processo da consulta. 

Agora, a polícia tenta encontrar mais possíveis vítimas do médico. As investigações devem durar cerca de um mês e serão guiadas pela delegacia da região de Barreiro.