Tamanho do texto

Habitantes de Coronel João Sá, município vizinho à barragem que se rompeu, deverão deixar suas casas; ainda não há informações sobre atingidos

alagamento arrow-options
Junior Nascimento
Imagens aéreas mostram alagamento em cidade vizinha ao município de Pedro Alexandre, na Bahia

Uma barragem se rompeu por volta das 11h desta quinta-feira (11) na cidade de Pedro Alexandre, no distrito de Quati, no nordeste da Bahia. De acordo com a Defesa Civil do estado, famílias que viviam no local conseguiram deixar suas casas e não há registro de feridos no rompimento da barragem.

O município de Coronel João Sá, no entanto, ainda pode ser atingido porque está na rota da lama do rompimento da barragem . O prefeito da cidade, Carlinhos Sobral, recomendou que moradores da cidade, sob risco de enchente, deixem a região.

Leia também: Aos 77 anos, idosa é baleada dentro de casa no Rio

A provável causa do rompimento são as fortes chuvas que atingem a região do Rio do Peixe, que está a cerca de 435 km de Salvador, perto da divisa com o Sergipe. Em nota, a Agência Nacional de Águas (ANA) informou que a barragem Quati é de usos múltiplos de água e que sua administração compete às autoridades estaduais. "Mesmo assim, guardando as devidas atribuições dos órgãos regionais, a ANA acompanha a situação", informou o órgão.

Carlinhos Sobral, prefeito de Coronel João Sá, município vizinho a Pedro Alexandre que está na rota da lama, compartilhou em suas redes sociais um vídeo no qual pede que a população da cidade deixe suas casas. “É uma situação atípica. Nunca aconteceu isso com essa barragem. Nós não sabemos as consequências”, disse. 

O prefeito informou que todas as escolas municipais estão à disposição para abrigar as pessoas que abandonarem suas residências. “Eu peço encarecidamente que todas as pessoas que moram em área de risco que saiam das suas casas, que peguem seus documentos pessoais, peguem seus objetos de valores, o que puderem levar”, pediu.

Leia também: Filhos de Flordelis assumem controle das redes sociais da deputada

Segundo a prefeitura de Coronel João Sá, os bairros que podem ser atingidos pelo rompimento da barragem são Beira Rio, Bonfim, José Antônio dos Santos, Santo Antônio (Rua velha), Galo, Barroquinha e todos os que estão próximos ao Rio do Peixe. As estradas da região estão cobertas de lama e intransitáveis.