Tamanho do texto

Caso aconteceu na cidade de Bariri, no interior de São Paulo; novo dono foi recebido pelo antigo proprietário com tiros e acabou morrendo no local

Arma
Pixabay
Idoso atingiu advogado com quatro disparos e depois tentou fugir do local, mas acabou preso

Um advogado de 61 anos foi baleado e morto na tarde desta terça-feira (2) na cidade de Bariri, interior de São Paulo. O caso aconteceu quando o homem chegou a um imóvel que havia arrematado em leilão e foi recebido a tiros pelo antigo proprietário, que ainda estava no local.

Leia também: Criança brasileira de 2 anos desaparece ao cruzar fronteira entre México e EUA

Segundo informações da Polícia Militar, Guido Sérgio Basso, morador da cidade de Bastos (SP) foi ao local após comprar o imóvel que foi a leilão após o proprietário, identificado como Cyro César de Aguiar, de 66 anos, perdê-lo por conta de uma dívida com uma instituição bancária. Lá, o advogado  foi atingido por quatro tiros e acabou morrendo.

Ainda de acordo com a corporação, Guido tentou fugir do local após a chegada dos agentes, mas acabou sendo preso ainda próximo da residência. Além da arma de fogo utilizada no crime , outro revólver foi encontrado dentro do imóvel e apreendido pela polícia .

Em depoimento, a esposa de Cyro informou que quando chegaram no imóvel , notaram que Guido estava no local. Ela afirma que ficou do lado de fora e que o marido entrou para falar com ele. Foi quando ouviu ao menos três disparos de arma de fogo e, ao tentar confirmar se o marido estava bem, foi ameaçada e acabou fugindo.

Conduzido à delegacia, Aguiar foi autuado em flagrante por homicídio simples e aguarda pela audiência de custódia, que será realizada nesta quarta-feira (3).

Leia também: Em vídeo, militar aparece fumando e chama FAB de 'Força Aérea da Biqueira'