Tamanho do texto

Nas imagens, o vazamento vai crescendo até que o teto de gesso desaba próximo a uma paciente em estado grave; unidade de saúde já havia sido interditada pela Cremerj devido a condições de atendimento desumanas

IstoÉ

hospital
Reprodução/TV Globo
Teto de hospital desabou devido a estouro da tubulação

O teto de gesso do Centro de Tratamento Intensivo (CTI) do Hospital Federal de Andaraí no Rio de Janeiro (RJ) caiu após uma tubulação romper e provocar vazamento. As informações são do G1 .

Leia também: Mulher tem parto em cadeira de rodas, enquanto médico filma com celular; assista

Nas imagens, o vazamento vai crescendo até que o teto de gesso desaba próximo a uma paciente em estado grave. Apesar de o hospital receber R$ 110 milhões por ano do governo federal, funcionários relatam que não estão sendo feitos serviços de manutenção preventiva e os alagamentos acontecem com frequência.

O Conselho Regional de Medicina do Rio de Janeiro (Cremerj) já havia realizado uma interdição ética no setor de emergência do hospital no início de junho , devido às péssimas condições em que os pacientes internados se encontravam. Segundo o conselho, mais de 30 pessoas estavam internados em cadeiras de rodas e poltronas. 

Leia também: Paciente tentou reagir a abuso de técnico em hospital de Goiás, mostram imagens

Na ocasião, o Ministério da Saúde afirmou que o hospital continuava aberto e procurando atender a todos os pacientes. O órgão ainda não se pronunciou em relação ao desabamento.